sábado, 20 de março de 2010

GRUPO DE APOIO APRESENTA VÂNIA MEDEIROS PARA SUBSTITUIR CANDIDATURA DE ROMULO GONDIM À REITORIA DO IFPB

Rômulo Gondim: apoio à candidatura da professora Vania Medeiros


Mais uma candidatura engrossa a ala feminina no processo sucessório para escolha do Primeiro Reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - IFPB. O professor Rômulo Gondim, ex-diretor do antigo CEFET-PB, e o grupo que dava apoio à sua candidatura, decidiram lançar o nome da professora Vania Maria de Medeiros à Reitoria da Instituição.

Em reunião do grupo de apoio à sua candidatura no último sábado (20), em João Pessoa, Rômulo disse que ficou muito agradecido aos colegas que acreditaram em seu nome para concorrer à sucessão no IFPB. “Inicialmente, senti-me estimulado a preencher um vácuo em termos de liderança política constatado no Instituto, mas diante de novos desafios que surgiram na minha vida profissional, preferi mudar o meu papel no processo”.

Diante da atual decisão, Rômulo Gondim sugeriu o nome da professora Vania Maria de Medeiros, em substituição a sua candidatura no processo sucessório do IFPB. O professor justificou sua atitude afirmando que o IFPB é uma nova instituição e que é preciso formar novas lideranças com o perfil adequado para os desafios que se apresentam nesse campo educacional.

O professor explicou que não estava se eximindo da responsabilidade para a qual foi convocado. “Não vou concorrer ao pleito, mas estarei presente durante todo o processo sucessório dando apoio à candidatura da professora Vania Medeiros, em quem vejo todas as características de uma grande gestora, que saberá conduzir os novos desafios desta Instituição de forma democrática”, frisou.

Foi com essas palavras que o professor Rômulo se dirigiu ao grupo de apoio à sua candidatura. Ele foi enfático na sugestão do nome da professora Vania Medeiros, argumentando que reconhece na colega as características de uma liderança que surge com possibilidade de construir um novo estilo de fazer política educacional não apenas no IFPB, como também em outras instâncias da educação.

A professora Vania Medeiros foi aluna do Curso Técnico em Estradas, da ex-Escola Técnica Federal da Paraíba, no início da década de 80. Após concluir o curso, continuou vinculada aos movimentos culturais da instituição na época, enquanto cursava a graduação em Química Industrial na UFPB, onde fez mestrado e doutorado.

Posteriormente, foi aprovada em concurso público para a Escola Técnica de Pernambuco, Unidade de Petrolina, sendo transferida para a sua Escola de origem em 1996.

Apesar de ser originária da ex-Escola Técnica, a professora Vania vem Participando ativamente dos processos de atualização dos novos modelos de ensino que ocorrem na Instituição.




Um comentário:

Maria José disse...

Vânia acredita no que faz, tem propósitos educacionais nas TRÊS DIMENSÕES ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO. Tomou partido pela mudança, ingressou num grupo de debate sobre o processo sucessório, ampliou sua capacidade de autoconhecimento, revelou-se uma líder pelas mudanças necessárias no IFPB, luta contra limitações, falta de decisões pela instituição, pela incapacidade de aprendizagem na condução de processos. Uma liderança em construção aberta às aprendizagens necessárias, liberta, livre das amarras do sistema político tradicional. Mas carrega consigo a garra e a capacidade de diálogo, ação-reflexão-ação. A comunidade precisa sentir-se liberta dessas amarras para envolver-se nesse processo de construção.
Estou feliz pela oportunidade de escolha. entraves